Semana do Brasil: a nova Black Friday brasileira?

AUTOR Thaiane Pinha / Data 6 agosto, 2019 / Categoria: E-commerce, Empreendedorismo, Estratégias, Eventos, Marketing Digital, Notícias

semana do brasil

No final do mês passado recebemos a surpreendente notícia de que o Brasil pode ter, em breve, sua própria versão da tão conhecida Black Friday. Essa campanha recebeu o nome de Semana do Brasil e acontecerá entre 6 e 15 de setembro, período que coincide com a comemoração da Independência do Brasil e a liberação das contas ativas e inativas do FGTS.

Mas o que seria a Semana do Brasil?

Desenvolvida pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), a Semana do Brasil será um evento, planejado pelo poder público e setor privado, que tem como objetivo principal incentivar a prática de descontos e ofertas mais agressivas por parte dos varejistas brasileiros.

Essa manobra também aquecerá o comércio nacional em um mês em que as vendas caem consideravelmente, uma vez que o mês de agosto encerra as vendas de Dia dos Pais e o mês de outubro inicia as vendas de Dia das Crianças, sendo seguido pela expectativa da Black Friday em novembro.

semana do brasil

O mês de setembro se mostra o período mais frio em relação às vendas.

A ideia surgiu com base no costume estadunidense de realizar grandes descontos e movimentar o comércio varejista em semanas ou datas comemorativas nacionais, como por exemplo, a própria Black Friday, que precede o feriado de Ação de Graças no mês de novembro.

A data escolhida, assim como o nome da campanha, visa trazer a tona um sentimento de patriotismo e valorização da economia e cultura brasileira.

Queremos criar um evento para aquecer a economia, juntamente com o resgate do patriotismo, como acontece em outros países. [Marcelo Silva – Presidente do IDV].

Cenário econômico da Semana do Brasil

Foi divulgada no fim do último mês, pelo governo brasileiro, a liberação de R$ 500,00 do FGTS, no mês de setembro deste ano. É previsto que cerca de 106 milhões de trabalhadores brasileiros tenham o saque disponível em contas ativas e inativas.

Segundo economistas, a expectativa é de 30 bilhões de reais injetados na economia brasileira, o que também é considerado como o estopim para a efetivação da Semana do Brasil.

O governo brasileiro pretende isentar, ou no mínimo reduzir, os impostos cobrados sobre produtos eletrodomésticos e eletrônicos, no período em que perdurar a campanha. O ICMS e IPI também devem ser alterados, como um incentivo para que os comerciantes pratiquem preços mais baixos do que o habitual.

Turismo na Semana do Brasil

semana do brasil

O turismo no Brasil é o mais forte entre todos os países do mundo.

Não são apenas os varejistas brasileiros que se beneficiarão com a Semana do Brasil, mas também setores como hotelarias, restaurantes e turismo.

Além do incentivo para o turismo nacional, o governo também espera aproveitar a isenção de visto concedida a países como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão, para promover a visita de turistas estrangeiros aos destinos brasileiros.

Será o fim da Black Friday no Brasil?

Estudos demonstram que a Semana do Brasil não prejudicará a performance da Black Friday no país, uma vez que os objetivos de ambos os eventos são diferentes.

Enquanto o primeiro tem como propósito movimentar o mercado nacional, fortalecer o patriotismo e queimar os estoques do primeiro semestre do ano; o segundo tem como finalidade, além da queima de estoque dos produtos com pouca saída no ano, o início das compras de Natal.

semana do brasil

A Black Friday dá início às vendas de fim de ano.

Nova data sazonal brasileira?

Inicialmente a Semana do Brasil está prevista apenas para setembro deste ano, mas há grande possibilidade de que este evento se estabeleça definitivamente no calendário oficial do comércio brasileiro nos próximos 2 anos.

Sua empresa está preparada para alavancar as vendas no próximo vez?

 

Leia também: Atendimento para e-commerce: Sua loja virtual pode alcançar números incríveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *